Óleo de Coco – Benefícios, Para Cabelo, Hidratação, Como fazer

O óleo de coco extra virgem é um ingrediente que está cada vez mais presente nas cozinhas brasileiras. Por isso, é preciso entender quais são os benefícios desse alimento para o organismo e porque esse tipo de óleo deve fazer parte da sua lista de compras.

Se você ainda não sabe bem o funcionamento do óleo de coco, pode sentar e começar a descobrir tudo o que precisa sobre o novo queridinho das receitas.

Vamos lá?

Benefícios do Óleo de Coco

Com a ideia de ser um grande facilitador para o organismo, o óleo de coco acabou ganhando um grande espaço no preparo de diversas receitas. Porém, entender os benefícios desse alimento para a sua vida, é algo que não pode faltar na sua caderneta.

Por isso, você vai descobrir agora mesmo todas as vantagens que o óleo de coco vai trazer para você.

Óleo de Coco


Metabolismo: O óleo de coco contém triglicerídeos, que são ácidos graxos que o organismo absorve de forma bem rápida. Esses triglicerídeos são capazes de potencializar o funcionamento do metabolismo, deixando ele mais acelerado e funcionando melhor.


Cozinhando: A troca de óleos vegetais (como o de soja) pelo óleo de coco na cozinha, faz todo o sentido. Isso porque, o óleo de coco não muda a sua estrutura quando é colocar em grandes temperaturas. Como quando você vai fritar algum alimento.

Já os óleos vegetais, de gordura saturada viram ácidos poli-insaturados. Esses ácidos são considerados tóxicos para o a saúde do seu organismo.


Problemas de pele: Um problema comum é a irritação da pele, também conhecida como dermatite. O óleo de coco extra virgem é capaz de agir contra essa irritação, promovendo um alívio e agindo como um hidratante tanto a curto como a longo prazo.


Evitando doenças: Com o uso de óleo os triglicerídeos são capazes de se transformar em uma segunda fonte de energia para o cérebro. Por isso, várias pesquisas já mostraram que o óleo de coco é capaz de reduzir o risco a epilepsia, doença de Alzheimer e outros distúrbios cerebrais.


Gordura visceral: O óleo de coco se mostrou um aliado para aqueles que precisam se livrar da chamada gordura visceral, muito presente na região do abdômen. Essa gordura está ligada ao diabetes e doenças cardíacas e, por isso, o óleo de coco melhora a sua saúde.


Fios de cabelo: Um recente estudo com os mais diversos de tipos de óleo utilizados na cozinha mostrou a diferença que cada um pode gerar no seu cabelo. O uso de óleo de coco para cabelo se mostrou eficaz para reduzir os fios danificados, tornando os mais saudáveis.

Isso funciona porque o óleo é capaz de penetrar nos fios promovendo hidratação com óleo de coco além de diminuir a perda das proteínas do cabelo.


Feridas, machucados e ossos: Por ter uma ação anti-inflamatória, o óleo de coco ajuda na cicatrização de feridas e machucados já que aumenta a quantidade de colágeno.

Além disso, o óleo de coco possui nutrientes capazes de aumentar a estruturo e o volume dos ossos. Com isso, o seu organismo reduz as chances de sofrer devido a osteoporose, por exemplo.


Energia: Um dos benefícios do óleo de coco é o fornecimento de energia para o corpo de forma rápida. Por isso, ele é muito consumido antes de treinos, como forma de acelerar o metabolismo.

Além disso, o óleo de coco extra virgem é um estimulante do sistema nervoso central, aumentando o seu desempenho e melhorando a função de alerta.


Óleo de Coco para cabelo

Que o óleo de coco extra virgem é um poderoso aliado para o cabelo você já sabe, porém, é preciso entender melhor o que esse óleo pode fazer por você.

Em primeiro lugar o óleo de coco tem uma grande concentração de vitaminas e ácidos capaz de entrar no interior dos fios de cabelo, fazendo com que os fios se tornem mais fortes, com brilho e hidratados.

Óleo de Coco

Essa ação é pouco encontrada em outros produtos capilares e, mesmo outros óleos, não são capazes de agir na estrutura interna dos fios. Por isso, usar o óleo de coco vai promover maciez e proporcionar aquela sensação de movimento dos fios.

Em segundo lugar, o óleo de coco é um poderoso agente para reduzir os danos causados aos fios de cabelo. Com o uso de secadores, chapinhas, babyliss e até com o ar seco, o cabelo vai tendo a sua estrutura danificada e pode ser difícil consertar apenas com o uso de máscaras capilares e cremes.

Então, uma pesquisa desenvolvida por uma dermatologista brasileira (Maria Gavazzoni), mostrou que o óleo de coco é capaz de reduzir todos esses danos aos fios. Esse processo acontece porque, com o uso do óleo de coco, evita a quebra da estrutura e dos fios, tonificando o seu cabelo.

Por isso, cada vez mais, você vai ouvir diversas pessoas falando sobre o uso de óleo de coco para cabelo e como isso mudou a vida de cada uma.

Como fazer óleo de coco caseiro

Óleo de CocoO óleo de coco é, geralmente, encontrado em farmácias e supermercados. Porém, para ter um óleo de coco natural, basta preparar o seu óleo caseiro e aproveitar todos os benefícios dessa fórmula.

Existe mais de uma maneira de preparar o seu óleo de coco caseiro e você vai aprender aqui as formas mais fáceis e eficientes.


Receita de óleo de coco caseiro 01

Para a primeira receita de óleo de coco caseiro, você vai precisar de 4 xícaras de água de coco e 3 polpas de cocos médios. Essas polpas precisam ser de cocos maduros e sem a película escura.

Passo 01. Basta misturar os ingredientes no liquidificador até formar uma pasta e coar com um coador de pano ou um tecido limpo.

Passo 02. Depois disso, é preciso colocar em um recipiente de vidro e deixar em descanso por 48 horas e em seguida coloque a mistura em uma garrafa plástica e deixe em um ambiente claro por 6 horas.

Passo 03. Com isso, você vai ver que o óleo vai ficar em uma parte da garrafa e o restante vão ser resíduos e água. Então, coloque na geladeira para endurecer (sem misturar) e retire apenas a parte do óleo para uso.


Receita de óleo de coco caseiro 02

Para a segunda receita, você também vai precisar de 3 polpas de coco maduros.

Passo 01. Para começar, guarde a água do coco em um recipiente e rale a polpa da fruta colocando o ralado em um pano limpo.

Passo 02. Em seguida, é preciso apertar o pano com o coco ralado, para retirar todo o leite presente, você pode colocar o pano dentro do recipiente para deixar a polpa mais maleável e fácil para extrair todo o leite.

Passo 03. Esse processo é um pouco demorado e depois de todo o leite retirado, basta levar ao fogo junto com a água retirada do coco.

Passo 04. Levando ao fogo sem parar de mexer, a mistura vai ficar mais grossa até que o óleo vai passar a ficar visível no recipiente. Já a água do coco vai evaporar.

Passo 05. Depois, vai ficar apenas o óleo, parecendo um mingau na panela que deve ser colocado em um pote de vidro. E o seu óleo de coco caseiro já está pronto.


É importante que você saiba algumas informações básicas sobre o óleo de coco caseiro, como:

  • A validade do produto é de (no máximo) três meses;
  • O ideal é preferir formas caseiras que não expõem o óleo ao fogo;
  • Usar cocos maduros geram maior quantidade de óleo;
  • Colocar no sol para remover a umidade ou água.

O óleo de coco pode ser o grande aliado para o seu dia-a-dia, seja para cozinhar, passar nos cabelos e até para retirar a maquiagem.

Por isso, comece agora a aproveitar todos os benefícios do óleo de coco, que pode ser feito naturalmente e esqueça óleos prontos que pouco contribuem com o seu corpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *