Dieta da USP – Para que Serve, Benefícios (EMAGRECE?)

Com a correria do dia-a-dia e a praticidade de comidas prontas e produtos industrializados, os quilinhos a mais começam a aparecer rapidamente.

Por isso, as dietas passaram a ser o prato principal de discussão nas rodas de conversa e a fazer parte da vida de, praticamente, qualquer um.

Pensando nisso, você precisa saber como funciona a dieta USP e porque ela tem sido uma das dietas mais comentadas nas últimas semanas.

Então vem agora saber tudo o que você precisa sobre a dieta da USP que está conquistando corações (e estômagos).

Dieta da USP

Como Funciona a Dieta da USP

A dieta da USP original surgiu com a ideia de eliminar em torno de 14 quilos em apenas 5 dias.

Mesmo com esse nome, a dieta não foi criada pela Universidade de São Paulo e não tem qualquer ligação com a faculdade.

Desenvolvida nos anos 90, a dieta USP também já recebeu o nome de dieta da proteína e é então que você começa a descobrir como ela funciona.

A dieta USP funciona através de um cardápio que é repetido toda semana.

De forma bem simples, essa dieta funciona tendo a proteína como base alimentar.

Com a redução de qualquer tipo de carboidrato como farinhas brancas, massas, batatas e arroz.

Para fazer essa dieta, é preciso seguir o plano alimentar sem nenhum escorregão.

A dieta da USP original é considerada como uma dieta de emergência e é muito usada por quem precisa emagrecer para algum evento especial como casamentos, viagens e festas.

Apesar de ser um plano alimentar bem antigo, essa deita fez grande sucesso recentemente e a internet não falava de outro assunto.

Entre a principal vantagem dessa dieta, está a possibilidade de emagrecer de forma rápida sem causar danos para a saúde do organismo.

Ainda que alguns especialistas digam que é preciso ter cuidado. A sugestão da dieta, é realizar o plano alimentar por 7 dias, fazer uma pausa de 1 ou 2 dias e retornar para a dieta por mais 7 dias.

Dieta da USP

Dieta da USP Emagrece Mesmo?

Sabendo que a dieta funciona de forma restritiva, um sinal de alerta já surge na cabeça e junto vem a dúvida se ela realmente emagrece.

A principal ideia que você precisa ter em mente é que a dieta USP emagrece mesmo, mas existem alguns cuidados que precisam ser tomados.

O primeiro problema que pode aparecer com essa dieta, é o ganho de peso logo após a finalização da dieta.

Dieta da USP

Isso acontece porque o seu corpo não aprende a se alimentar direito, apenas gasta calorias armazenadas porque está recebendo pouca gordura e açúcar.

O resultado é que assim que você para de seguir o plano alimentar da dieta da USP e volta a comer como antes, engorda tudo novamente.

O segundo problema encontrado na dieta da USP é que o plano alimentar não é muito fácil de ser seguido e, por isso, você vai precisar de muita força de vontade para levar ele por mais de 7 dias.

O terceiro ponto que deve ser apresentado junto com a dieta da USP é que, por ser uma dieta restritiva, o seu organismo acaba ficando deficiente de alguns alimentos.

Por isso, o recomendado é não excluir os alimentos do seu cardápio, mas reduzir a ingestão.

Essa dieta causa o emagrecimento, porque a baixa ingestão de carboidratos  e faz com que o seu corpo seja obrigado a queimar gorduras para fornecer energia.

Dieta da USP

Além disso, nessa dieta, você elimina a retenção de líquidos e pode perder parte da massa muscular.

Receita Dieta da USP

Como já foi falado, a dieta da USP original é baseada em um cardápio e não necessariamente em receitas.

Dieta da USP

A ideia é ingerir alimentos ricos em proteínas, como carnes, azeites, oleaginosas e peixes.

Além disso, você deve investir bastante na ingestão de água e cafeína.

Dieta da USP

A dieta da USP é baseada em apenas três refeições diárias: café da manhã, almoço e jantar.

Para ficar mais fácil de você entender, será apresentado um esquema de cardápio básico de uma semana dessa dieta.

Primeiro dia

Dieta da USP Para o primeiro dia, você deve ingerir café preto sem açúcar no café da manhã, seguido por 2 ovos cozidos e ervas para o almoço.

No jantar, você deve comer uma salada de pepino com alface e salsão a vontade.

Segundo dia

Dieta da USP No segundo dia, o café da manhã será com café simples e 2 biscoitos tipo cream cracker.

Para o almoço, você deve preparar 1 bife sem gordura grande e saladas de frutas. Para a escolha das frutas, é ideal evitar a escolha de bananas, mandas e abacates.

Terceiro dia

Dieta da USP No terceiro dia da dieta da USP você deve ingerir café preto com 2 biscoitos no café da manhã, seguido por 2 ovos cozidos com 2 torradas e salada de vagem para o almoço.

Para comer no jantar, você deve preparar uma salada composta de presunto, pepino e alface a vontade.

Quarto dia

Dieta da USP Seguindo a dieta da USP, você vai comer 2 bolachas tipo cream cracker com café pela manhã e 2 ovos com ervas, queijo minas e uma cenoura no almoço.

Para a última refeição do dia, você vai ingerir iogurte natural e salada de frutas, sem creme de leite, açúcar ou leite condensado.

Quinto dia

Dieta da USP No quinto dia da dieta da USP você vai comer no café da manhã uma cenoura crua com suco de limão e café preto.

Para o almoço, você deve preparar peito de frango grelhado a vontade e para o jantar 2 ovos cozidos com ervas e uma cenoura.

Sexto dia

Dieta da USP Para o sexto dia você vai repetir o café da manhã do quarto dia e comer filé de peixe com tomate a vontade no almoço.

No jantar você vai repetir a opção do dia anterior, 2 ovos com ervas a vontade e uma cenoura crua.

Sétimo dia

Dieta da USP No último dia da primeira rodada da dieta da USP, você vai ingerir café com limão no café da manhã e um bife grande e gralhado se gordura no almoço, junto com salada de frutas.

Para o jantar você pode escolher o seu prato, desde que não contenha bebidas alcoólicas e grandes quantidades de doces e frituras.

Para realmente conseguir emagrecer a quantidade indicada, é preciso seguir o cardápio a risca e depois repetir por mais 7 dias o mesmo cardápio.

Não é indicado que a dieta da USP seja feita por um período maior que 14 dias, mesmo com alguns dias de descanso.

Além disso, o ideal é fazer apenas a clara do ovo e as ervas citadas se referem a alface, agrião e chicória.

Outra recomendação é fazer algum tipo de atividade leve, como caminhadas, para potencializar ainda mais o emagrecimento.

Dieta da USP

A dieta da USP pode gerar alguns incômodos como cansaço, tonturas, mau hálito, estresse, prisão de vente e mau humor.

Conclusão

Agora que você conhece tudo sobre a dieta da USP, converse com o seu nutricionista e veja quais são as modificações necessárias para aderir mais essa dieta.

Além disso, se for fazer dieta sem acompanhamento, é preciso ter o dobro de atenção a qualquer sinal do seu corpo.

Seja como for, comece agora mesmo a emagrecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *